Inaugurada há pouco mais de dois anos, a Quinta do Barracão, em pleno Vale da Vilariça, no concelho de Alfândega da Fé, assume-se como um retiro de eleição para uns dias de merecido descanso neste Verão. A unidade de Agro-turismo nasceu na antiga Estalagem da Malaposta da Estrada Real Lisboa-Bragança, fundada em 1850, e dispõe de vários atractivos para quem a visita.

Esta quinta esteve abandonada durante 30 anos. Maria João Feio e Rui Tadeu decidiram rentabilizá-la turisticamente, para além de servir de residência à família. À volta, 65 hectares de terrenos cultivados, onde imperam vinhas, olivais, amendoais, hortas e pastagens para ovelhas terrinchas, constituem um bom complemento agrícola da exploração.

A Quinta do Barracão possui 17 quartos para hóspedes, cada um com nomes de animais, árvores ou plantas aromáticas. Um deles foi equipado para poder receber pessoas portadoras de deficiência. Tem ainda salas de refeições e convívio, parque infantil e uma loja de venda de produtos tradicionais, onde pontifica o queijo “terrincho” e a azeite da quinta.

Uma piscina, uma zona de caça turística e um moinho de água com 200 anos recentemente recuperado continuem outros atractivos. “É um conjunto de factores que permitem fixar pessoas na região durante alguns dias e num pequeno espaço, sem ficarem cansadas”, adianta Rui Tadeu.

O velho moinho recuperado merece visita aturada. Há referências históricas que o apresentam como uma das primeiras indústrias registadas na fazenda de Alfândega da Fé. Eduardo Pinto

Utilidades

Aberto todo o ano

A Quinta do Barracão está aberta permanentemente. Serve refeições por marcação, confeccionadas exclusivamente à base de produtos ali cultivados. Contactos pelos telefones 278536200 e 962982605.

Mais informações poderão ser obtidas no sítio da Internet www.terra-sa.com

 

Fonte da Notícia:  https://www.jn.pt/arquivo/2006/interior/quinta-com-historiasituada-no-vale-da-vilarica-564911.html